Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

culturALL

Cultura para Todos!

culturALL

Cultura para Todos!

Orquestra com 150 músicos nas comemorações do Dia do Concelho

Maestro Jorge Salgueiro apresenta conclusão da “Sinfonia Palmela” em 2017

 

O Cine-teatro S. João volta a acolher uma orquestra de 150 músicos, especialmente constituída para interpretar a “Sinfonia Palmela”, projeto a três anos criado pelo Maestro Jorge Salgueiro, por iniciativa da Câmara Municipal de Palmela, para assinalar o Dia do Concelho. Este ano, nos dias 1 e 2 de junho, às 22 horas, o público terá oportunidade de apreciar esta obra na sua totalidade, já que aos cinco primeiros andamentos – “Do Mar Até Cá”, “Os Sinos de Santiago”, “O Lugar dos Anjos”, “A Viagem da Máquina de Ferro” e “O Poceirão Estrelado por Van Gogh” - apresentados em 2015 e 2016, será acrescentado o sexto e último andamento, intitulado “Um Nome Novo”. Também os coros serão introduzidos este ano.

 

Inspirado pela história, pelo nome e pela identidade de cada uma das cinco freguesia, o compositor apresenta-nos a sua visão sobre o concelho que o viu nascer, numa perspetiva marcadamente poética. Palmela enquanto terra de música e de músicos, com um movimento associativo de grande dinamismo, está, também, bem patente nesta obra. Na abertura e no encerramento da cerimónia, será interpretado o Hino do Concelho de Palmela, escrito na primeira metade do século XX por Serra e Moura e reconstituído por José Eduardo Ferreira em 1995.

 

A orquestra é composta por músicos das Bandas da Sociedade de Instrução Musical, da Sociedade Filarmónica Humanitária, da Sociedade Filarmónica União Agrícola e da Sociedade Filarmónica Palmelense “Loureiros”, da Orquestra de Cordas do Conservatório Regional de Palmela e da Orquestra Nova de Guitarras. Participam, também, as sopranos Isabel Biu e Lucina Morais.

 

Natural e residente na vila de Palmela Jorge Salgueiro iniciou-se na composição aos 14 anos e conta, já, com uma obra vastíssima, onde se contam óperas, sinfonias, música para orquestra, banda, coro, teatro e cinema. Compositor residente da Banda da Armada Portuguesa entre 2000 e 2010, é, também, compositor residente da Foco Musical e membro da direção artística do Teatro O Bando. Assina a dramatofonia e a música de “Inferno – A Divina Comédia” que O Bando tem em cena, no momento, no Teatro Nacional D. Maria II.

 

A organização é da responsabilidade do Município de Palmela, com o apoio da Casa Ermelinda Freitas, Vinhos, lda., ao abrigo do programa “Mecenas de Palmela”. Entrada livre mediante levantamento de bilhetes, já disponíveis, no Cine-teatro S. João. Informação: 212336630 |cultura@cm-palmela.pt.

  

Câmara Municipal de Palmela

Divisão de Comunicação, Turismo e Economia Local

Rua Contra Almirante Jaime Afreixo, n.º 70

2950-266 PALMELA

Telf. (00351) 212336664 | Ext. 1806

e-mail: lnascimento@cm-palmela.pt

www.cm-palmela.pt

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.