Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

culturALL

Cultura para Todos!

culturALL

Cultura para Todos!

LISBOA MISTURA 2016 | 19 a 23 JULHO | INTENDENTE | PROGRAMAÇÃO COMPLETA

LISBOA MISTURA

De 19 a 23 de Julho no Intendente

Durante cinco dias, o Intendente volta a escutar e a dançar ao ritmo da multiplicidade de sons que formam a cidade de Lisboa com Concertos, After Parties, Conversas, Live Graffitis, Arruadas e muito mais.

ENTRADA LIVRE

 

* VALETE & NBC convidam Virgul, Maze, Fuse, Sir Scratch, Bob da Rage Sense entre outros.

* SONS DA LUSOFONIA – REUNIÃO com Waldemar Bastos, Jenifer Solidade, Kimi Djabaté, Carlos Martins e muitos outros

* KONONO Nº1 com MC AF Diaphra e Selma Uamusse

* BATUK com Gueladjo Sané

* RETIMBRAR

 

E porque Verão na capital já não o é sem a miscelânea de sons e a reflexão sobre a cidade e as suas gentes, está de regresso mais uma edição do Lisboa Mistura.

Dias 19 a 23 de Julho, o Intendente volta a ser o palco de uma vasta programação assente na convicção de que os rótulos e as catalogações da criação artística de agora estão aí para serem abolidos.

Nesse sentido, a dar início à festa, no dia 20 de Julho, o concerto de abertura irá mostrar o consistente trabalho realizado através das OPA - Oficina Portátil de Artes, projecto pedagógico e artístico dirigido por Francisco Rebelo (Orelha Negra, Cais do Sodré Funk Connection), que reúne jovens artistas de bairros de Lisboa e periferias, que pela primeira vez, se apresentam no palco principal acompanhados por banda ao vivo.

 

Partindo do Hip Hop e da sua importância enquanto voz de intervenção, o Lisboa Mistura propõe também contar a história do movimento em Portugal de modo a fazê-la perpetuar-se. Durante o evento, serão celebrados os fundadores, os discípulos ou os amantes desta cultura com conversas, ensaios abertos e Live Grafitti sendo o momento maior o que irá juntar Valete & NBC e convidados no palco do Largo do Intendente, no dia 21 Julho, a partir das 21h00.

Mas não são só estes ritmos inspirados por Lisboa que inspiram o Lisboa Mistura 2016. Também a música electrónica terá o seu espaço, no dia 22, com a confirmação da estreia nacional de Konono nº1 com a apresentação do seu novo disco, produzido por Pedro Coquenão e Vincent Kenis, com participação especial de MC AF Diaphra e Selma Uamusse. Na mesma noite, os Batuk sobem a palco para apresentar o novo álbum “Música da Terra” com o percussionista guineenseGueladjo Sané como convidado especial.

No dia 23, no mesmo palco, juntam-se os sons de países onde se fala português, os elementos que compõem o caleidoscópio da cidade de Lisboa. São esses os sons celebrados há 20 anos pela Associação Sons da Lusofonia. Para assinalar a data, juntam-se em palco alguns dos maiores nomes da lusofonia: Waldemar Bastos (Angola), Kimi Djabaté (Guiné), André Cabaço (Moçambique), Tonecas Prazeres (São Tomé), Jenifer Solidade e Khaly Angel (Cabo Verde), Leo Minax e Alexandre Frazão (Brasil), Carlos Barretto, Mário Delgado, Carlos Martins(Portugal), entre outros.
Antes, tempo para receber os Retimbrar, colectivo do Porto com um trabalho de exploração de ritmos, canções e instrumentos tradicionais portugueses, que resulta num repertório misto de originais e reinterpretações.

Do vasto programa, destaque ainda para os late night, na Casa Independente, assegurados pelos beats de DJ Marfox, Sam The Kid (DJ Set) & DJ Big, Serial DJ Set (Mind Da Gap), Blacksea Não Maya e DJ Ricardo Maneira. Durante o dia, tempo para conversas sobre o som de Lisboa e sobre as sonoridades pós-coloniais do hip-hop ao afro-house.

De 19 a 23 de Julho, o Lisboa Mistura instala-se no Intendente e, virado para o mundo que é a cidade de Lisboa, oferece à capital cinco dias de festa totalmente gratuita.

O Lisboa Mistura é uma iniciativa da Sons da Lusofonia com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa e EGEAC.

 

CONSULTAR PROGRAMAÇÃO COMPLETA LISBOA MISTURA 2016

 

SONS DA LUSOFONIA na WEB

FACEBOOK | SITE OFICIAL

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.