Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

culturALL

Cultura para Todos!

culturALL

Cultura para Todos!

FEIRA DE MAIO DE REGRESSO COM UMA RECRIAÇÃO HISTÓRICA

De 19 a 21 de Maio, no coração da Freguesia - Largo da República, será possível viajar até ao século XVIII na Feira de Maio. Com entrada livre, tem como principal objetivo a recriação histórica de um mercado da primeira metade do século XVIII.

 

A organização do evento está a cargo da Junta de Freguesia de Agualva e Mira Sintra, em parceria com a Câmara Municipal de Sintra, com produção e animação da Câmara dos Ofícios.

 

A animação será diversificada e constante durante o período da feira destacando-se a recriação de um ambiente de fidalguia com a presença da família de Matias Aires a quem pertencia o Palácio da Quinta N. Sr.ª do Monte do Carmo (Quinta da Fidalga). No recinto da feira personagens característicos da época tais como: alcoviteiras, regateiras, aguadeiros, colarejas etc. recriam um ambiente de mercado com os seus pregões e algazarras e momentos de bailaricos ao som de um grupo de gaiteiros. Para além da animação referida que estará a cargo da Câmara dos Ofícios, a associação cultural Valdevinos Teatro de Marionetas, sediada na freguesia e apoiada pela Câmara Municipal de Sintra e Junta de Freguesia de Agualva e Mira Sintra, irá apresentar as tradicionais histórias do Teatro de D. Roberto. Será ainda dinamizada pelo Dr. Rui Oliveira a atividade “Passeios com História”, uma breve visita pela história de Agualva em especial pela Quinta da Fidalga e Feira de Maio.

 

Ainda com o intuito de promover o convívio familiar e dar a conhecer às gerações mais novas as diversões de outrora, serão dinamizados por alguns personagens jogos tradicionais tais como tração à corda, jogo do prego, chinquilho, peão entre outros.

 

O espaço será organizado de modo a proporcionar ao visitante uma ambiência de Feira do Séc. XVIII, com a presença de tasquinhas de comes e bebes, leitão de Negrais, pão com chouriço, doçaria, hortícolas e frutas, artesanato e ofícios tradicionais.

 

A criação da Feira de Agualva, uma das mais antigas da região saloia entre as feiras tradicionais, resultou de uma petição feita a D. João V pela Irmandade de Nossa Senhora da Consolação de Agualva. O rei acolheu favoravelmente este pedido e autorizou a realização da feira através de alvará régio datado de 22 de Setembro de 1712.

 

O horário será o seguinte:

Sexta (19 de maio) – das 18h00 às 24h00

Sábado (20 de maio) – das 12h00 às 24h00

Domingo (21 de maio) – das 12h00 às 22h00

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.