Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

culturALL

Cultura para Todos!

culturALL

Cultura para Todos!

Exposição "Casa da Primavera Infância 70 anos a Educar para a Paz" na Biblioteca Municipal de Loulé

No âmbito do 70º aniversário da Casa da Primeira Infância, a Biblioteca Municipal Sophia de Mello Breyner Andresen, em Loulé, recebe a Exposição “‘Casa da Primeira Infância – 70 Anos a Educar para a Paz’, a decorrer de 2 a 31 de março.

 

A 10 de Junho de 1945, gentes de Loulé, amantes da Educação para a Paz, associando-se para um fim maior, fundaram nesta cidade a Casa da Primeira Infância, reconhecida a nível nacional como um marco na educação e verdadeira constelação familiar.

 

No início do século XX, a assistência social era inexistente em Loulé o que muito dificultava a vida das mães que necessitavam de trabalhar e não tinham onde deixar os seus filhos de tenra idade. Para além deste problema, existiam, também outros relacionados com as crianças abandonadas, os chamados “expostos”, bem como com as crianças oriundas de famílias carenciadas.

 

Nessa altura, a assistência às crianças abandonadas era feita pelo Município, através do pagamento de amas, de tratamentos realizados pelos médicos municipais e do fornecimento de medicamentos gratuitos até aos 8 anos.

 

Graças à existência de pessoas de boa vontade, muito preocupadas com o bem-estar do próximo e a ajuda aos mais carenciados, principalmente as crianças, nasce em Loulé a primeira associação de solidariedade social criada no período pós guerra no Concelho e no Algarve, denominada “Casa da Primeira Infância”, também conhecida como “Creche de Loulé” ou ainda “Centro de Assistência Polivalente de Loulé”, tendo sido a primeira comissão administrativa constituída por Maria José Soares Cabeçadas Ataíde e Ferreira (Presidente), João Farrajota Alves (Tesoureiro), Ivone Maria Pacheco Magalhães Pinheiro (Primeiro Vogal) e Solange Vila Lobos Carvalho Santos (Segundo Vogal).

 

Assim, surge a “Casa da Primeira Infância” que tinha como linhas principais de orientação: proteger, amparar, alimentar e tratar da saúde de crianças pobres, enquanto as mães se ausentavam por motivos de trabalho.

 

Refira-se que esta Exposição é uma das muitas iniciativas que irão assinalar esta efeméride. A entrada é livre.

 

IN: www.cm-loule.pt

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.