Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

culturALL

Cultura para Todos!

culturALL

Cultura para Todos!

Aí estão as Festas de Lisboa 2016 - um best of (Free Entry)

Chegaram as sardinhadas, os bailaricos e as marchas. Mas também muita música, exposições, alegria e multiculturalidade.

 

Junho é sinónimo de Santos Populares em Lisboa. É o mês de todos os arraiais, da sardinha assada e de manjericos, mas também de bailaricos pela noite dentro, de muitos concertos, cinema ao ar livre, exposições e instalações artísticas.

 

Se bailaricos e arraiais arrancam a 1 de Junho e se prolongam até dia 30, o fim está marcado para 1 de Julho, quando os Buraka Som Sistema terminarem a sua digressão mundial com o concerto que antecede uma já anunciada pausa por tempo indeterminado.

Tem a sua agenda à mão? Então aponte as sugestões.

 

Deixem o pimba em paz 
O projecto de Manuela Azevedo e Bruno Nogueira com a Orquestra Metropolitana de Lisboa no dia de Portugal. 
Terreiro do Paço, Lisboa || 10/6, 22h || Grátis

 

Piano Extraordinário 
Anne Kaasa, Elsa Silva, Ana Telles e Joana Gama. Quatro pianistas, quatro recitais ao sábado para "mostrar as possibilidades do piano nos séculos XX e XXI - um percurso musical com obras emblemáticas do nosso tempo".
O’culto da Ajuda || 4, 11, 18 e 25/6, 21h30 || Grátis

 

Festa na Fonte em Belém 
Espetáculo de água, luzes e música, na Fonte Monumental da Praça do Império, em Belém, cujo jacto de água central chega aos 25 metros. Sempre ao anoitecer.

Fonte Monumental da  Praça do Império || 1 a 30/6, 21h || Entrada livre

Fado no castelo
No dia 16, Carminho apresenta o seu novo disco no Castelo de São Jorge. A 17, é a vez de José Manuel Neto (que convida Rão Kyao, Pedro Moutinho e Nathalie), e a 18. Ana Moura.
Castelo de São Jorge || 16 a 18/6; 21h30 || Entrada livre
 

Alameda Pop
A "praxe" das Festas de Lisboa inclui dois concertos de música pop. A 18 tocam os Amor Electro, e a 19 é a vez de David Carreira.
Alamed da Univ. de Lisboa || 18/6, 22h; 19/6, 19h || Grátis 

Marchas Populares - Tema Rafael Bordalo Pinheiro
Em 2006 comemoram-se 170 anos do seu nascimento e os 100 da abertura do seu museu, o primeiro na cidade de dedicado a um artista apenas. O tema das Marchas Populares será precisamente Rafael Bordalo Pinheiro. Pela primeira vez, o bairro da Boavista vai desfilar. A Marcha Popular de Portimão e a Dança do Dragão da Lo Leong Sport General Association de Macau são convidados.
Marchas Populares Av. da Liberdade (exibições no Meo Arena de 3 a 5/6, às 21h30) || 12/6, 21h || Entrada Livre

 

Arraial Vila Berta
Um dos arraiais mais conhecidos e castiços da cidade.  

Vila Berta, Graça || 3 a 13/6,19h || Entrada livre

 

Grande Arraial de Benfica 

A festa tem Azeitonas (dia 23), Emanuel (24), Deolinda (25) e HMB_(26). 
Benfica || 23 a 26/6; 17h30–2h || Entrada livre

 

Arraial do Kiko e do Oliveira

É a segunda edição deste arraial "alternativo" no Príncipe Real, com comida de Kiko Martins e animação do famoso Sr. Oliveira.

Jardim do Príncipe Real || 24/6,17h30 || Entrada livre

 

Arraial Lisboa Pride

É 20.ª edição do Arraial Lisboa Pride do maior evento LGBT em Portugal. Organizado pela ILGA Portugal, promete ser uma festa arco-íris, que começa à tarde com actividades para crianças e artesanato.

Terreiro do Paço || 25/6,16h || Entrada livre

 

Arraial de Santo António em Alvalade

Num bairro que tem uma estátua de Santo António na sua maior rotunda, tem de começar a existir um grande arraial popular em Junho.

Praça de Alvalade || 1 a 26/6, 12h-24h (2.ª a 5.ª) e 12h-1h (6.ª, sáb. e vésperas de feriado) || Entrada livre

 

Festa indiana
Final de tarde com música, workshops, exibição de trajes, pinturas, gastronomia, danças e músicas.
Jardim Quinta da Nossa Senhora de Paz || 25/6, 18h-2h || Entrada livre

  

Festa do Japão 
É a sexta edição do evento que celebra a cultura japonesa, tradicional e pop: ikebana (arranjos florais), shodo (caligrafia), artes marciais, poesia haiku, origami, furoshiki (técnica de embrulho), brinquedos japoneses, cosplay (expressão da cultura pop), concertos e gastronomia.
Rossio dos Olivais, Parque  das Nações || 18/6, 16h-22h || Entrada livre

 

Cineconchas – Cinema ao ar livre
Leve pipocas e uma manta para a Quinta das Conchas. Para ver, por exemplo, Mustang (30/6), 007 Spectre (1/7) ou Truman (14/7). 
Quinta das Conchas || 5.ª a sáb., de 30/6 a 16/7, 21h45 || Entrada livre

 

Ludopolis
Seis aldeias lúdicas ocupam o jardim do Campo Grande. A_ocasião deve-se ao Ludopolis – Festival dos Jogos e da Diversão, em que mais de 1.000 jogos (por exemplo desportivos, multimédia ou construtivos) vão estar disponíveis para pessoas de todas as idades. 
Jardim do Campo Grande || 17 a 19/6 || Grátis

 

Teatro das Compras
Espectáculos e peças de curta duração no interior de lojas emblemáticas da Baixa. Dulce Maria Cardoso, Jorge Palinhos e Sandro William Junqueira são os autores dos textos, interpretados por nove actrizes em nove lojas, incluindo, por exemplo, o Hospital das Bonecas, a Primeira Casa  das Bandeiras, a Retrosaria Bijou ou a Ginjinha sem Rival.
Lojas da Baixa Pombalina || 16, 17, 18, 23, 24 e 25/6 || Entrada livre

 

Salão Piolho
Exibição de clássicos do cinema em locais tão inusitados como uma igreja, um salão nobre, um armazém de revenda ou um convento. Por exemplo, no dia 17, no  Martim Moniz às 22h00, é exibido o filme Serenata à Chuva. A 18 de Junho fazem 120 anos da primeira exibição de cinema em Portugal. Comemora-se no Largo do Intendente com a exibição de O  Circo, de  Charles Chaplin, acompanhado ao vivo e ao piano por Filipe Raposo.
Vários locais || 15 a 18/6 || Grátis

 

Festival Com’Paço
É a nona edição do festival de bandas filarmónicas, que termina no Rossio com mais de 400 músicos em palco.

Rossio, Largo do Intendente e Jardim da Estrela || 25/6 || Entrada livre

 

Lisbon Maker Faire
Mostra de invenções, criatividade e desenvoltura, é organizada pela Ciência Viva, Bright Pixel e Câmara Municipal de Lisboa.

Pavilhão do Conhecimento, Parque das Nações || 25 e 26/6, 11h-20 e 11h-18h || Entrada livre

 

Exposição das sardinhas
Quase 9000 propostas de 70 países resultaram num best of para ver na rua Augusta. Um concurso que já se está a tornar um clássico.
Galeria Millennium || 6/6 a 13/8 || Entrada livre

Sons d’água 
O Reservatório da Mãe D’Água das Amoreiras vai transbordar nos dias 15 e 29 – de música, entenda-se. As guitarras acústicas de Diogo Clemente e as percussões de Miroca Paris e Sandra Martins recebem convidados para tocar temas de Carlos Paredes, Zeca Afonso ou Chico Buarque. 

Reservatório da Mãe D’Água das Amoreiras || 1, 15 e 29/6; 19h || Grátis

 

Exposição Draw Me a Fado 
O que significa o Fado para uma nova geração? A exposição inclui trabalhos originais dos artistas Butcher Billy, Sean Loose e Carla La Perna. 
Museu do Fado || Lg. do Chafariz de Dentro, 1 || 25/6 a 17/7 || Entrada livre

 

Museu do Fado lança editora 
Chama-se precisamente Museu do Fado e "visa promover artistas com repertório próprio, original, que nunca gravaram um disco". A estreia é com o álbum Tons de Lisboa do guitarrista José Manuel Neto

Museu do Fado || Lg. do Chafariz de Dentro, 1 || 17/6, 12h || Entrada livre

 

Buraka Som Sistema 
As Festas de Lisboa chegam ao fim com o último concerto da digressão mundial dos Buraka Som Sistema, que será também o último da banda nos próximos tempos. Depois de 10 anos de carreira, o grupo diz adeus aos fãs por tempo indeterminado. A noite começa às 20h com a música electrónica de Dengue Dengue Dengue, do Perú. Segue-se um baile funk com MC Bin Laden.

Jardim da Torre de Belém || 1/7, 20h || Entrada livre

 

IN: www.sabado.pt

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.