Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

culturALL

Cultura para Todos!

culturALL

Cultura para Todos!

A Língua Portuguesa no Canto Lírico

Museu da Música

Sexta-feira

24 de Março de 2017

18h

 

O Museu Nacional da Música recebe a cantora e professora, Tânia Valente, para o lançamento do seu livro, “A Língua Portuguesa no Canto Lírico: Contexto histórico e relações entre técnica e fonética”. A entrada é livre.

 

Baseado na dissertação de Doutoramento “A Língua Portuguesa no Canto Lírico: um estudo de relações entre técnica vocal e fonética articulatória” – apresentada à Universidade de Évora em Junho de 2014, este livro apresenta porém uma versão mais concisa, com uma atualização e revisão de conteúdos, que incluem factos históricos inéditos sobre o percurso do compositor, cantor e professor de canto Gustavo Romanoff Salvini (1825-1894), pioneiro na abordagem musical e científica da questão do Canto em Língua Portuguesa.

 

A investigação parte de um preconceito, generalizado entre a comunidade de cantores líricos, portugueses e estrangeiros, de que o português é uma língua “difícil” para o Canto. Tânia Valente resolveu tentar perceber de onde vem este preconceito e se ele fará algum sentido em termos científicos.

 

Tomando Salvini como ponto de partida e fio condutor ao longo de toda a obra, Tânia Valente olha para a relação entre canto e fonética portuguesa ao longo de 4 capítulos. Cada capítulo tenta dar resposta a uma questão: 1- De onde vem o preconceito de cantar em português? 2- Como funciona o aparelho fonador? 3- Como funciona a língua portuguesa de um ponto de vista articulatório? 4- Como funciona o canto em língua portuguesa em termos acústicos?

 

Por fim, utilizando a tecnologia e os conhecimentos sobre fonética e técnica vocal dos séculos XX e XXI, Tânia Valente identifica alguns sons potencialmente difíceis para o canto em Língua Portuguesa, e sugere estratégias para os ultrapassar.


TÂNIA VALENTE - Doutorada em Música e Musicologia, ramo de Interpretação, pela Universidade de Évora, divide a sua atividade artística de cantora com a de docente da Escola de Música do Conservatório Nacional de Lisboa e investigadora Académica. Iniciou os seus estudos musicais no Instituto Gregoriano de Lisboa. É licenciada em Línguas e Literaturas Modernas: Estudos Ingleses e Alemães pela Faculdade de Letras de Lisboa, e em Canto pela Escola Superior de Música de Lisboa. Os seus interesses de investigação abarcam as áreas da Ciência Vocal, Pedagogia do Canto e relações entre Música e Literatura. Para além de se apresentar regularmente em recitais, é membro do Coro Gulbenkian.

 

IN: http://www.museunacionaldamusica.pt

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.