Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

culturALL

Cultura para Todos!

culturALL

Cultura para Todos!

4 de fevereiro | Workshop gratuito na Casa Roque Gameiro

No próximo dia 4 de fevereiro (sábado), tem início pelas 15h00, na Casa Roque Gameiro, o workshop “A partir da aguarela ao encontro da flor de água”, por Tiago Costa, no âmbito da Exposição “Flor de Água - Helena Roque Gameiro (1895-1986) - Aguarela e Artes Aplicadas”, patente neste equipamento cultural centenário até 26 de fevereiro.

 

Este workshop tem como principal objetivo familiarizar os participantes com a técnica da aguarela, convidando a comparecer tanto aqueles que querem dar os seus primeiros passos - adquirindo noções básicas - como aqueles que gostariam de complementar os seus conhecimentos - experimentado novas possibilidades.

 

Inscrição prévia* até 3 de fevereiro, através do email vera.ferreira@cm-amadora.pt
* Máximo de 15 participantes. Realiza-se com um mínimo de 5 participantes.
Atividade gratuita.

Obs: Recomenda-se aos participantes que levem aguarelas (em pastilha, em tubo ou guache), papel para técnicas húmidas (gramagem entre 250 e 300), pincéis de pelo macio (ex. nº 2, 6, 8, 14, 18 ou pincel com reservatório de água), lápis grafite, recipientes e um pano.


Sobre Helena Roque Gameiro
Helena Roque Gameiro (Lisboa, 1895 - Lisboa, 1986) foi uma aguarelista e professora de Desenho, Pintura e Artes Aplicadas. Discípula de seu pai, Alfredo Roque Gameiro (1864-1935), seria mestra muito jovem, aos 14 anos no atelier da Rua D. Pedro V, em Lisboa. Expôs em diversos salões da Sociedade Nacional de Belas-Artes, individualmente e com o seu pai e sua irmã Raquel e irmão Manuel. Em 1919 foi contratada como a primeira professora da Escola de Artes Aplicadas de Lisboa que viria a dar origem à atual Escola Artística António Arroio. Juntamente com seu pai expôs, com muito sucesso, no Rio de Janeiro e em São Paulo, em 1920. Casou, em 1923, com o criador de imagens José Leitão de Barros (1896-1967) e também nesse ano expôs em Madrid. Filiada na estética Naturalista, trilhou os seus longos caminhos até ao fim, aceitando simplesmente embelezar o mundo através das paisagens, flores e tantos outros trabalhos que as suas mãos privilegiadas conceberam.

Autora de uma obra serena quer na temática, quer na técnica, em total acerto com o gosto dominante do tempo, reconhecida pelos seus pares, foi acompanhada por boa fortuna crítica e êxito comercial.
A exposição encontra-se disposta em duas salas e estruturada em cinco núcleos: «Helena Roque Gameiro em retratos e Helena representando o feminino»; «Das flores e dos frutos»; «Toca: uma casa encantada»; «Paisagens: janelas para outros lugares»; «Artes Aplicadas e muito bem aplicadas: a Professora Helena Roque Gameiro».

Sandra Leandro, Comissária da Exposição


Casa Roque Gameiro
Pct. 1.º Dezembro, 2 – Venteira (2700-668)
Telefone: 214 369 058 | Fax: 214 929 239
38º45'28.9''N 9º14'31.8''W

 

IN: www.cm-amadora.pt

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.